Bolsa Jeans

História e evolução do Jeans

Hoje em dia o jeans é o mais democrático, mais acessível e mais certeiro tecido já inventado.

Jeans combina com tudo

O jeans é usado em qualquer ocasião, é atemporal , é perfeito!

Tudo começa em 1567, surgiram os termos “genoese” e “genes” para se referir às calças usadas pelos marinheiros da cidade de Gênova. Elas eram fabricadas na cidade de Nimes, na França.

Em 1792, a indústria têxtil de Maryland, nos Estados Unidos, popularizou o uso de um tecido de algodão trançado que chamaram de “denim” por ser semelhante ao tecido fabricado em Nimes (o nome “tecido de Nimes” acabou sendo abreviado para apenas “denim”).

Estilo e elegância com jeans

O empresário alemão Levi Strauss, ao não conseguir vender seus tecidos na Califórnia por saturação do mercado, teve a ideia junto com o Californiano Jacob Davis, fazer uma roupa para os mineradores do oeste americano, criando um novo uso para o tecido: a fabricação de calças, que eram mais resistentes que as calças então usadas pelos garimpeiros.

A primeira calça jeans foi patenteada pelo alemão Levi Strauss e o Californiano Jacob Davis em 1837, quando surgiu como uma roupa para os mineradores do oeste americano.

No início, foi uma experiência. Levi Strauss confeccionou duas ou três peças reforçadas com a lona que possuía, deu-as aos mineradores e o sucesso foi imediato. Altamente resistente, as peças não estragaram com facilidade.

Estava criado o jeanswear, o estilo reforçado de confecção, o qual foi, originalmente, destinado a roupas de trabalho.

Perfeito para o dia a dia

 Em 1860, foram adicionados botões de metal. Os rebites de reforço foram patenteados em 1873 por Levi Strauss e Jacob David.

Utilizaram-se tachinhas de cobre para tornar mais resistentes os bolsos ao peso colocado neles. Os pontos críticos das calças foram reforçados, tornando-as mais duráveis.

O primeiro lote das calças tinha, como código, o número 501, que acabou nomeando o modelo mais clássico da empresa. Em 1886, foi adicionada a etiqueta de couro usado até hoje.

O que podemos chamar de verdadeiro jeans é o de coloração azul, que surgiu por volta de 1890, quando Levi Strauss decidiu tingir as peças com o corante de uma planta chamada Indigus, dando-lhes a cor pela qual o jeans é hoje conhecido.

Não importa a idade

jeans só passou a ser utilizado no dia a dia no século XX, quando teve seu uso popularizado pelos caubóis dos filmes, pelos soldados americanos na época da Segunda Guerra Mundial, por astros do cinema e da música como James Dean, Marilyn Monroe, Marlon Brando e Elvis Presley e pelos hippies como símbolo de contestação e rebeldia.

Foi só na década de 1970 que Calvin Klein coloca o jeans na passarela, sendo o primeiro estilista a inovar com este feito. Podemos considerar que o grande feito do jeans foi o caráter democrático do produto para a moda: tanto um simples operário quanto pessoas ricas usam o tecido azul.

jeans só chegou a conquistar o restante da população após a proliferação social do seu conceito como roupa despojada e do cotidiano, sem perder seu charme e elegância.

Charme e elegância

A partir desse momento se inicia a fabricação de diversas idéias com o jeans, como jaquetas, camisas, sapatos, bolsas, carteiras, colares, pulseiras, que são usadas até o dia de hoje, de acordo com a moda proposta para a estação.

A cada ano nas passarelas é inserido novos modelos de jeans, que vem acompanhada de diversos acessórios marcando a estação e popularizando ainda mais o famoso e queridinho Jeans!

Nos Acompanhe nas Redes Socias

Nos acompanhe no Facebook e no Instagran. Será um prazer tê-la como seguidora e acompanhando as novidades! Ficamos felizes que chegou até aqui e leu este arquivo. Clique aqui e deixe o seu e-mail na home do site, que enviaremos um cupom de desconto para você.

Até a próxima matéria!

Fernanda Falcão

Fonte : https://pt.wikipedia.org e @pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>