Julieta e sua primeira bolsa feminina

A promessa era que aos 12 anos ela ganharia sua primeira bolsa feminina.
Enfim, o tão aguardado dia…
Antes das sete da manhã, Julieta já estava de pé com seu vestido de bolinhas azuis, pois achava que aquele vestido combinaria com a sua bolsa feminina.
Desceu para o café da manhã, observando onde poderia estar a sua bolsa feminina.
A mamãe certamente escondeu para que ela sofresse a ansiedade… a ansiedade da sua primeira bolsa feminina.
Ao chegar à mesa, todos já a aguardavam com seus presentes, mas nenhum deles tinha o formato que sugerisse uma bolsa feminina.
A pequena Julieta agradeceu, abraçou a todos e mostrou um sorriso amarelo.
– Sente-se filha, tome seu café! Disse a mamãe.
Podia-se notar lágrimas em seus olhos, quando ao puxar a sua cadeira, lá estava ela… sua bolsa feminina.
A garota em meio ao desespero e contentamento, apenas acomodou sua bolsa feminina sobre o seu ombro esquerdo, já que a mesma não era destra e saiu porta a fora.
– Julieta! Gritou a mamãe.
Mas Julieta já havia ido pelas calçadas a fora, exibindo a tão sonhada bolsa feminina…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>